Posts Tagged ‘rio preto – sp’

  • Excursão Didática Horta Mandalla – Ipiguá – SP

    Date: 2016.11.22 | Category: CECMundoRural, Sem categoria | Response: 12

    Resultado de imagem para horta tipo mandala

    Car@s Alun@s da Pedagogia Ibilce/Unesp-Rio Preto, bom dia!

    Estamos organizando uma excursão didática dos alunos da Pedagogia do Ibilce/Unesp – São José do Rio Preto à Horta Mandalla de Ipiguá – SP.

    O que é a Horta Mandalla? Mandala significa círculo mágico, concentração de energia, e é considerada universalmente, como o símbolo da integração e da harmonia. Inspirados nesse conceito, o casal Ceci e Reinaldo criaram em Ipiguá – SP uma horta orgânica em torno de um círculo côncavo de barro rodeado por outros nove círculos com produtos hortifrutigranjeiros, sendo que cada um deles representa um dos planetas do sistema solar. Para quem ainda não conhece uma horta orgânica, a visita irá colocá-lo diante dessa nova realidade concreta.

    Maiores informações sobre a Horta Mandalla você poderá acessar o link:

    https://awebic.com/cultura/horta-organica/

    Haverá um ônibus institucional para a viagem da Unesp-Rio Preto / Horta Mandalla-Ipiguá /Unesp-Rio Preto, no dia 03-12-2016, sábado, em frente ao saguão principal do Ibilce/Unesp-Rio Preto, a partir das 7h:30min., com saída às 8h:00min. Não há custos, somente o participante deverá levar dinheiro se quiser adquirir os produtos da Horta Mandalla.

    A excursão didática será monitorada por companheir@s do Centro de Estudos e Culturas do Mundo Rural. Assim, solicitamos que você confirme sua presença, enviando nome completo, RG e RA para o endereço eletrônico: fabio@fabiofernandesvillela.pro.br, até no máximo 01-12-2016.

    Programação na Horta Mandalla:

    8 às 9 horas: Chegada e recepção.

    9 às 11:30 horas: Visita monitorada às instalações da Horta Mandalla.

    11:30 horas: Lanche coletivo (o participante deverá levar uma pequena porção de alimentos: bolos, sanduíches, etc., chás, café e/ou suco) para partilhar coletivamente com os participantes.

    12 horas: Retorno para São José do Rio Preto – SP.

    Saudações, Prof. Fábio Villela.

  • Programa Núcleos de Ensino da Unesp da Pró-Reitoria de Graduação – PROGRAD, Câmpus de São José do Rio Preto

    Date: 2015.09.28 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    Bom dia amig@s do mundo rural! Tudo bem?

    Hoje deixo uma postagem sobre o Programa Núcleos de Ensino da Unesp da Pró-Reitoria de Graduação – PROGRAD. O Programa Núcleos de Ensino da Unesp da Pró-Reitoria de Graduação – PROGRAD, Câmpus de São José do Rio Preto tem por objetivos: (1) promover a parceria entre a Universidade e a escola pública; (2) incentivar o ensino e a pesquisa de caráter disciplinar ou interdisciplinar nas unidades de Educação Infantil, Fundamental e Médio do Sistema Público de Ensino; (3) promover ações educativas e inclusivas junto aos movimentos sociais; (4) apoiar a produção de material didático-pedagógico; (5) contribuir com os processos de formação inicial dos graduandos da Unesp e de formação continuada dos professores da rede pública de ensino.

    A Reitoria da Unesp criou os Núcleos Regionais de Ensino com a finalidade de defender o ensino público e gratuito da pré-escola, do 1º e 2º graus. Em cada Unidade Universitária da Unesp existe um Núcleo Regional de Ensino. Cada Núcleo tem um coordenador e um vice-coordenador escolhido por seus pares entre os professores da Unesp que tiveram projetos aprovados pela Pró-reitoria de Graduação, nos últimos dois anos. Os Núcleos de Ensino da Unesp têm por metas prioritárias a produção de conhecimento na área educacional e a formação inicial e continuada do educador, pautadas pela articulação entre ensino, pesquisa e extensão, e nos princípios da cidadania e da justiça social.

    O Núcleo de Ensino é um programa de responsabilidade da Pró-reitoria de Graduação – PROGRAD com objetivo de trabalhar com os cursos de graduação no desenvolvimento de práticas educacionais nas escolas de educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, visando a melhoria, compreendida em termos de: (1) competência do profissional a ser formado pela Unesp; (2) competência das equipes técnico-administrativas; (3) competência dos docentes, no que diz respeito às suas tarefas de educadores, vista também pela ótica do ensino das disciplinas que lecionam, e da aprendizagem dos seus alunos; (4) desenvolvimento de programas, cursos, oficinas pedagógicas e de outras atividades relevantes à educação e ao desempenho do profissional; (5) desenvolvimento de temas significativos para a Educação e para a política educacional do Brasil; (6) estabelecer parcerias com prefeituras, diretoria de ensino, escolas estaduais e municipais, sindicatos e movimentos sociais dispostos a transformar a dinâmica da educação; (7) estimular, desenvolver e manter o trabalho em equipe e multi-equipe, no sentido de possibilitar estudos teóricos e práticos, em diferentes especialidades significativas para a Educação; (8) congregar equipes do campus universitário que desenvolvam trabalhos relativos à educação; sejam esses trabalhos subvencionados por agências de fomento ou não.

    O Programa Núcleos de Ensino do Ibilce – Unesp – São José do Rio Preto possui 14 projetos e coordenadores: (1) Meninas fazendo ciências: não provoque, é cor de rosa choque (Monica Abrantes Galindo de Oliveira); (2) Grupo de estudos e diálogos sobre Educação em Direitos Humanos e Diversidades na escola (Ana Maria Klein); (3) O Cinema no ensino da Literatura (Cláudia Maria Ceneviva Nigro); (4) Temática ambiental, Educação Ambiental e o Ensino de Ciências nas séries iniciais (Edilson Moreira de Oliveira); (5) Tecnologias na sala de aula (Eloi da Silva Feitosa); (6) Trabalhando Geometria no Ensino Fundamental com Informática e Material Concreto (Erminia de Lourdes Campello Fanti); (7) Educação Cooperativa e Novas Tecnologias: Projeto de Prevenção ao Bullying Escolar entre Jovens de Escolas de Meio Rural através do Uso de Novas Mídias Sociais (Fábio Fernandes Villela); (8) Observatório de Políticas e Práticas Inclusivas na Educação (Fernanda Motta de Paula Resende); (9) Cine em sala: o emprego de curtas metragens em sala de aula na rede municipal de ensino de São José do Rio Preto (Humberto Perinelli Neto); (10) Elaboração e aplicação de Unidades Didáticas com foco em Representação Química (Jackson Gois da Silva); (11) Repetição, Autoria e a Interpretação da Física de Partículas Elementares Mediante a Leitura de Textos (Leandro Londero da Silva); (12) Da formação continuada à formação inicial: uma intervenção no ensino (da gramática) da língua portuguesa (Lília Santos Abreu-Tardelli); (13) E ai Justino?! Atuação de agentes multiplicadores para orientação sexual entre alunos do ensino médio e fundamental (Luciana Aparecida Nogueira da Cruz); (14) A formação inicial e continuada do professor de línguas como um agente humanizador (Marta Lúcia Cabrera Kfouri Kaneoya).

    O coordenador local (2014 – 2015) dos Núcleos de Ensino é Fábio Fernandes Villela, sociólogo, professor do Departamento de Educação do Instituto de Biologia, Letras e Ciências Exatas, IBILCE, da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP, câmpus de São José do Rio Preto (SP). Qualquer informação adicional sobre os Núcleos de Ensino do Ibilce – Unesp – Câmpus de São José do Rio Preto, entrar em contato pelo endereço, telefone e/ou e-mail presente no website acadêmico do professor (www.fabiofernandesvillela.pro.br). Um vídeo institucional pode ser acessado em: (https://www.youtube.com/watch?v=TbqWHNgqiJA).

  • XII Semana de Pedagogia: Formação de Professores para a Educação do Campo

    Date: 2015.09.05 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    Bom dia amig@s do mundo rural!

    Convite a tod@s: XII Semana de Pedagogia: Formação de Professores: Políticas Públicas, Teorias e Práticas Pedagógicas. Destaque para o minicurso no dia 24 de setembro de 2015 (quinta-feira): 1 – Formação de professores para a educação do campo com o Prof. Dr. Luiz Bezerra Neto Graduado em Filosofia / PUCCAMP e Doutorado em Educação / UNICAMP, Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação no Campo – GEPEC / UFSCAR e Coordenador do Curso de Pedagogia da Terra / UFSCar.

    Imperdível! http://semanadepedagogiaibilce.pro.br/2015/

    Até lá, Prof. Fábio Fernandes Villela.

  • Conheça o Núcleo de Apoio à População Ribeirinha da Amazônia – NAPRA

    Date: 2015.08.28 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    Bom dia amig@s do Mundo Rural! Tudo bem?

    O Núcleo de Apoio à População Ribeirinha da Amazônia é uma organização privada sem fins lucrativos que tem a missão de apoiar as comunidades ribeirinhas e promover a formação de estudantes e profissionais para ação comunitária no contexto amazônico. As comunidades que apoiamos estão localizadas na zona rural do município de Porto Velho, ao norte do Estado de Rondônia, nas proximidades de 3 Unidades de Conservação Federais e em uma extensão de aproximadamente 200 km às margens de um dos mais importantes rios amazônicos – o Rio Madeira. Os membros e voluntários do NAPRA passam por um processo de formação sobre o contexto amazônico incluindo temas referentes à organização social, educação, cultura, saúde, saneamento e trabalho na floresta. A formação, a vivência e a atuação baseiam-se na participação social e na promoção do acesso a políticas públicas que proporcionem melhorias nas condições de vida das comunidades ribeirinhas, com ações pautadas na educação popular.

    Conheça mais o trabalho do NAPRA acessando o site: http://www.napra.org.br/

    Parceiros do NAPRA

    - FAPERP – Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto

    http://www.napra.org.br/wp-content/uploads/2010/05/11931626_733287493443911_279230195_n.jpg

    - UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Campus de São José do Rio Preto

    http://www.napra.org.br/wp-content/uploads/2010/05/11948178_733287486777245_421121809_n.jpg

    - Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia

    - ICMBIO

    - Instituto Cultural e Socioambiental Minhas Raízes

  • Campanha Adote a Ciranda Infantil Saci Pererê da Escola Nacional Florestan Fernandes – ENFF

    Date: 2015.06.21 | Category: CECMundoRural, ciranda infantil saci pererê | Response: 0

    Querid@s amig@s do mundo rural, bom dia!

    Estamos iniciando na nossa região (São José do Rio Preto – SP) uma campanha para arrecadar contribuições para apoiar a Ciranda Infantil Saci Pererê da Escola Nacional Florestan Fernandes – ENFF (leia o texto abaixo). As contribuições serão armazenadas na sala do PEJA – IBILCE – Unesp – Rio Preto (Programa Unesp de Educação de Jovens e Adultos) e posteriormente encaminhadas para a Escola Nacional Florestan Fernandes – ENFF. Dúvidas ou esclarecimentos sobre a campanha entrar em contato com o Prof. Fábio Fernandes Villela, através do email:

    fabio@fabiofernandesvillela.pro.br

    Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

    Apoio

    ADUNESP – Rio Preto – Associação dos Docentes da Universidade Estadual Paulista

    CAPED – Centro Acadêmico “Wilson Cantoni” da Pedagogia – Ibilce – Unesp – Rio Preto

    DAF – Diretório Acadêmico da Filosofia – Unesp – Rio Preto

    NARA-RP – Núcleo Ação pela Reforma Agrária – Rio Preto

    GEPEC – UFSCar – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação do Campo da Universidade Federal de São Carlos – SP

    GEPEDOC – UNESP- Rio Preto – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação do Campo da Unesp de S. José do Rio Preto – SP

    ICLS – Instituto Cultural Lyndolpho Silva

    PEJA – Projeto Unesp de Educação de Jovens e Adultos, UNESP – Campus São José do Rio Preto – SP

    SSPM – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José do Rio Preto – SP

    ***

    Ciranda Infantil Saci Pererê da Escola Nacional Florestan Fernandes – ENFF

    No ano de 2015 a Ciranda Infantil Saci Pererê completa 9 anos de existência e necessita de contribuições para seu espaço infantil. O recurso recebido vai possibilitar reformar toda a infraestrutura física da Ciranda, inclusive seu parquinho; no entanto, estamos precisando de ajuda no sentido de organizar o interior da ciranda, com brinquedos educativos (jogos, bonecos, blocos de montar, e toda diversidade de brinquedos para a faixa etária de 0 a 12 anos), materiais didáticos e pedagógicos para trabalhos educativos (tinta guache, pinceis, lápis de cor, giz de cera, massa de modelar, cartolina, papel, fita adesiva, cola etc.) e outros materiais importantes como roupas, fraldas, lenços, etc.

    A Ciranda foi inaugurada no dia 04 de novembro de 2006. Nesse espaço as crianças Sem Terrinha de todo o Brasil e América Latina contam histórias, brincam e conhecem as diversas realidades de nosso país e do mundo. É um espaço que busca desenvolver as práticas educativas com as crianças enquanto as mães e pais estão estudando ou trabalhando na Escola. Tem como objetivo trabalhar as várias dimensões do ser criança Sem terrinha, como sujeito de direitos, com valores, imaginação, fantasias e personalidade em formação.

    Busca contribuir no desenvolvimento da criança de 0 a 6 anos, de forma integral, incentivando o hábito da leitura, o desenvolvimento psicomotor e o gosto pelas artes, por meio de oficinas de contação de histórias, oficinas de arte-educação (pintura, teatro, recortes e colagens, desenhos, esculturas) e de brincadeiras e jogos cooperativos, que possibilitem à criança se integrar ativamente em um coletivo, estimulando o aprendizado da criatividade e da cooperação.

    A Ciranda é um lugar de criação, de invenção, de recriar, de imaginar, e também se configura em espaço de construção do coletivo infantil, no qual as crianças aprendem a dividir o brinquedo, o lápis, o lanche, a luta, o compartilhar a vida em comunidade. Assim, as crianças vão se constituindo como sujeito lúdico, resignificando seu brincar e sua experiência cultural.

    Na Ciranda Infantil Saci Pererê busca-se construir uma leitura de mundo transformadora, a partir do diálogo com as crianças Sem Terrinha, cultivando os valores do amor à terra, da solidariedade, do companheirismo, do estudo e do respeito às diferenças, para assim, possibilitar a construção de um mundo que vise a verdadeira emancipação humana.

    Contamos com o apoio dos amigos e amigas da Escola Nacional Florestan Fernandes, para que possamos fazer a Ciranda Infantil Saci Pererê à altura do que lutamos e desejamos para nossas crianças.

    Visite o site da Associação dos Amigos da Escola Nacional Florestan Fernandes – AAENFF :

    http://www.amigosenff.org.br/pt-BR/

  • 11º Arraial & Festa do Milho da Paróquia Imaculada Conceição do Parque Estoril de Rio Preto – SP – Brasil

    Date: 2014.07.05 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    Boa tarde amig@s do mundo rural! Tudo bem?

    A Paróquia Imaculada Conceição do Parque Estoril de Rio Preto, realizará entre os dias 29/06 a 06/07 o 11º Arraial  & Festa do Milho.

    Durante todos os dias da festa, acontecerá apresentações musicais com duplas sertanejas locais e  a tradicional quadrilha. A partir das 10h, haverá barracas de produtos derivados do milho como: pamonha, curau, bolo de milho, etc.

    De acordo com o padre Aparecido, no domingo dia 29/06, está prevista uma celebração sertaneja, às 10h. Logo após será realizado o almoço às 12h. Os convites para o almoço estão à venda na secretaria do evento. Local: Praça Lisboa, Av. Pedro Àlvares Cabral, s/n.

    A paróquia Imaculada Conceição fica na Rua Januário Cunha Barbosa, 230, no bairro Parque Estoril. Mais informações pelo fone (17) 3216-1776.

    Um grande abraço a tod@s, Prof. Fábio Fernandes Villela.

  • 3º Seminário O Trabalho no Século XXI: Educação, Trabalho e Saúde no Campo e 1º Seminário de Educação do Campo da Unesp de São José do Rio Preto – SP

    Date: 2014.02.23 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    Bom dia car@s amig@s do mundo rural! Tudo bem?

    Gostaria de convidar a tod@s para 0 3º Seminário O Trabalho no Século XXI: Educação, Trabalho e Saúde no Campo e 1º Seminário de Educação do Campo da Unesp de São José do Rio Preto – SP. Website do evento: http://www.fabiofernandesvillela.pro.br/eventos/seminario-trabalhador-2014/home

    Os seminários tem por objetivos: promover o debate de trabalhos e pesquisas que tenham como temática: a Educação, o Trabalho e a Saúde no Campo. Fomentar o debate entre a comunidade acadêmica, organismos governamentais e representantes da sociedade civil a respeito das condições de educação, trabalho e saúde no campo. Público alvo: professores, pesquisadores e estudantes que trabalham e/ou estudam problemas relacionados à temática geral do seminário, representantes sindicais, profissionais da área e demais interessados.

    Até lá! Prof. Fábio Fernandes Villela.

  • Excursão Didática de Natal: Conhecendo a Vida Rural e as Lutas pela Reforma Agrária: uma Vivência com os Assentados em José Bonifácio – SP e com os Assentados e Acampados em Promissão – SP

    Date: 2012.12.11 | Category: CECMundoRural | Response: 1

    Bom Dia Caros Alunos! Tudo bem?

    Gostaria de convidar a tod@s para a excursão didática para o novo Assentamento em José Bonifácio – SP e para o Assentamento e Acampamento em Promissão – SP. A atividade se chama “Conhecendo a Vida Rural e as Lutas pela Reforma Agrária: uma Vivência com os Assentados em José Bonifácio – SP e com os Assentados e Acampados em Promissão – SP”. Será dia: 22-12 (sábado) de 2012 das 7h as 19h. Carga Horária: 12h (Obs. Fazer relatório pois conta como AACCs e para as atividades da disciplina “Trabalho e Educação” da Pedagogia / Ibilce / Unesp – Rio Preto).

    Inscrições via e-mail (nome completo e RG) para: fabiofernandesvillela@gmail.com

    ATENÇÃO: Haverá também uma campanha de arrecadação de presentes para as crianças dos Assentamentos Reunidas (Promissão) e Augusto Boal (José Bonifácio) e do Acampamento Argentina Maria (Promissão), para juntos celebrarmos a vitória do Assentamento de José Bonifácio, a luta constante do acampamento de Promissão e as caminhadas dos/as companheiros/as da Reunidas! A visita será dia 22/12, portanto a campanha para arrecadação será até SEXTA-FEIRA, DIA 21/12.

    O que o aluno deve levar: dinheiro para almoço (R$5,00) e para pagar o micro-ônibus (R$15,00), produtos para a “Feira da Troca” (produtos  de limpeza, higiene pessoal, roupas, etc.  para serem trocados com produtos do Assentamento Reunidas em Promissão – SP).

    Re l e m b r a n d o: estamos fazendo uma lista com produtos que as pessoas querem do Assentamento Reunidas – Promissão – SP. Não deixem de enviar seus pedidos para o e-mail: fabiofernandesvillela@gmail.com Vamos trazer em mãos para as pessoas que encomendarem os produtos.

    Saída: 7h:30min., em frente ao IBILCE e retorno as 19h:00min.

    Maiores informações:

    * Lista no Facebook do Evento: http://www.facebook.com/events/304586992992744/

    * Prof. Fábio Fernandes Villela (e-mail: fabiofernandesvillela@gmail.com)

    Até lá, saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

    APOIO:

    ADUNESP – Rio Preto – Associação dos Docentes da Universidade Estadual  Paulista

    CAPED – Centro Acadêmico “Wilson Cantoni” da Pedagogia – Ibilce – Unesp – Rio Preto

    CPT  -  Comissão Pastoral da Terra – Promissão – SP

    DAF – Diretório Acadêmico da Filosofia – Unesp – Rio Preto

    NARA-RP – Núcleo Ação pela Reforma Agrária – Rio Preto

  • Luiz Beltrame – 104 anos – o Poeta do Assentamento Reunidas – Promissão – SP

    Date: 2012.10.15 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    Luiz Beltrame, poeta e lavrador aposentado, nessa belíssima foto de Orlando Brito

    “Eu estava lá em São Paulo
    Quando aqui cheguei
    Veio adiante de mim
    Coisa que eu nem pensei
    Mandaram me perguntar
    O que é que eu achei
    Pensei um poquim pra dizer
    Foi o MST”

    Seu Luiz Beltrame, poeta e militante do MST do estado de São Paulo, chega aos 104 anos com lucidez e saúde para seguir lutando.

    Nascido em Paramirim (BA) no dia 11 de outubro de 1908, trabalhou desde cedo na roça, no garimpo, na lavoura de algodão. Não frequentou a escola, tendo aprendido a ler e escrever com seu pai aos 14 anos. Em 1991 veio para o Assentamento Reunidas, em Promissão; teve oito filhos, 47 netos e outros tantos bisnetos e tataranetos.

    Em 1997 veio a ser mais conhecido entre a companheirada do Movimento, por sua participação na Marcha pela Reforma Agrária, Emprego e Justiça.

    Desde então, participou de dez marchas, escreveu dois livros, e sua história foi tema do filme Luiz Poeta, dos diretores Bruno Benedetti, Fábio Eitelberg, Patrick Torres, Pedro Biava e Rafael Stedile e vencedor do Concurso Caixa de Curtas, na categoria documentário.

    O documentário pode ser acessado em:

    http://www.youtube.com/watch?v=1Im5fBZ1BqQ

    Seu Luiz, através de seus poemas e de sua luta segue sendo, ano após ano, um exemplo para nossa militância e para a sociedade, de que nada, nem ninguém pode deter a marcha de um povo por sua libertação.

    Vida longa ao Seu Luiz Beltrame, Seu Luiz Sem Terra!

    Reelaborado a partir de Jade Percassi da página do MST.

  • Governo quer incentivar produção e consumo de produtos orgânicos no País

    Date: 2012.06.12 | Category: CECMundoRural | Response: 0

    http://blogs.diariodonordeste.com.br/gestaoambiental/wp-content/uploads/2012/05/selo-organicos1.jpg

    Bom Dia Amigos do Mundo Rural!

    O governo prepara uma política nacional de agroecologia e produção orgânica para ampliar para 300 mil, até 2014, o número de famílias envolvidas na produção de produtos agroecológicos, além de incentivar o consumo desses produtos pela população. Essas ações foram discutidas ontem no evento Diálogo Governo e Sociedade Civil.

    Para alcançar a meta, uma das ações previstas para ampliar a quantidade de famílias empregadas na produção de orgânicos, estimada atualmente em 200 mil, é a implantação de projetos agroecológicos em assentamentos de reforma agrária.

    Está previsto também o aumento da distribuição de sementes, qualificação dos produtores e da assistência técnica. A política busca ainda passar de 2% para 15% a participação de produtos orgânicos nas compras governamentais, também até 2014.

    Romeu Leite, presidente da Câmara Temática Nacional de Agricultura Orgânica, que é formada por governo e organizações da sociedade civil, citou a ampliação da pesquisa e o registro legal de insumos que substituem os agrotóxicos como lacunas que precisam ser preenchidas pela política.

    “É irrisório o que se investe no Brasil em pesquisa nessa linha limpa. Para reduzir o uso de agrotóxicos, é preciso que haja insumos. E, nesse sentido, têm insumos usados há décadas dentro da orgânica que agora foram tornados ilegais porque precisa de registro, embora sejam são de baixo impacto. É preciso que haja agilidade nessa questão do registro”, disse.

    Ao apresentar as linhas gerais da política, o secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Paulo Cabral, também assinalou a disposição do governo de disponibilizar linhas de crédito diferenciadas para a agricultura orgânica, além de ampliar a pesquisa no setor com o objetivo de aumentar o número de registros de insumos regulamentados para a agricultura orgânica.

    Gilson Alceu Bittencourt, da Secretaria-Geral da Presidência da República, defendeu que as medidas busquem também baratear a produção, tornando os produtos orgânicos acessíveis a toda a população. “Se por um lado precisamos ampliar a oferta de produtos, por outro precisamos ampliar o acesso. Não adianta ser uma produção orgânica para uma minoria”, constatou.

    O Diálogo Governo e Sociedade Civil é organizado em parceria entre a Secretaria-Geral da Presidência da República e o MMA.

    Fonte: Agência Brasil.

Nuvem de tags

arte naif arte primitiva moderna assentamento assentamento reunidas assentamentos de reforma agrária campanha fechar escola é crime campanha permanente contra o uso de agrotóxicos e pela vida centro de estudos e culturas do mundo rural cooperativismo educar a cidade educação básica educação cooperativa educação cooperativa e novas tecnologias educação do campo educação patrimonial enff fome fábio fernandes villela fábio villela ibilce insegurança alimentar mst mundo rural música caipira música sertaneja orgulho caipira patrimônio agroindustrial patrimônio histórico pedagogia da viola pedagogia da viola caipira prevenção ao bullying escolar proex projeto de extensão promissão - sp reforma agrária rio preto rio preto - sp segurança alimentar sociologia da educação sociologia rural são josé do rio preto - sp trabalho e educação trabalho no século xxi unesp viola caipira

Categorias

Agenda

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Lista de Links

Tópicos recentes

Pesquisar